Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Vouzela

João-Afonso Machado, 28.06.19

Estamos no coração da velha terra concelhia de Lafões e da sua suculenta vitela - a vitela de Lafões, ainda agora. Uma vila em que poucos atentam e, por isso, desconhecem a sua História. Assim sendo, as suas belezas também. Pacata, despercebida, mantém os galões que lhe pertencem, e ali nasce, ainda hoje, a imprensa lafonense,

IMG_1187.JPG

arauto de uma região vasta, quase toda enfiada no distrito de Viseu. Vouzela vive devagar. Vive carregada de flores ao longo de ruas bonitas e de muitas casas monumentais. O silêncio impera.

IMG_1185.JPG

Enquanto descemos o empedrado, espreitando um lado e outro, de repente,

IMG_1196.JPG

damos connosco já em cima do rio Zela. Limpinho, cheirando a água só, prometendo recantos idílicos, e nós já com uma vontade imensa de tornar a Vouzela, ducá-la no maior respeito, oh Duquesa!

IMG_1197.JPG

A vila é pequena. Maior do que ela, a gigantesca ponte que lhe faz sombra. Onde outrora transitavam os velhos comboios da Linha do Vouga.

IMG_1204.JPG

Porque vem de uma época em que se construía assim, de monte para monte, sobre vales e rios ocultos na vegetação. E os seus pilares, quais centopeias, tantos como num aqueduto joanino: o Passado, felizmente mantido presente.

IMG_1206.JPG

Agora mesmo, uma velha locomotiva alemã de 1912, um vaivém de muitas décadas naquele trajecto, assinala, como um marco miliário, a antiga estação de Vouzela. O caminho-de-ferro, àquelas bandas, pereceu há muitos anos. A outrora ferrovia é pasto de ciclistas e pedestres. Não adiantam os saudosismos, o mundo é o que é...

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.