Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

"Soneto do Geraldo"

João-Afonso Machado, 01.05.19

GERALDO.JPG

Lenda minhota Castro Laboreiro,

Alma feita aos lobos, cores da noite

Musicadas sem pauta, cancioneiro

De cimos onde não há quem se afoite;

 

Desceu. Veio aos planos o dianteiro,

Outros depois a desafiar o açoite

(Ai de quem! Gente do chão rasteiro,

Caninos navalhos o aviso – doi-te!)

 

E Geraldo também na migração,

Geraldo ainda mancebo, pata forte

Como seu pai, na frente da matilha,

 

Geraldo, o porte mítico de um cão,

Olho terno das feras logro e armadilha,

Dias amigos e pelo amigo… a morte!

 

 

1 comentário

Comentar post