Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Só para lembrar

João-Afonso Machado, 13.12.20

CONTOS DA SAUDADE..JPG

As últimas provas já foram revistas, passou-me pelas mãos um exemplar que, de incompleto, tinha apenas as folhas por colar. O editor está contente.

São cinco contos onde mergulhei até aos mais imaginativos comerciantes, desses que do nada faziam muito, para os filhos - de boca-de-sino à Anos 70 e cabelo pelas costas, lambido, escorrendo óleo, - estourarem na borga e no jogo e fugirem, e por isso revisitei ruínas, negócios que o tempo comeu; repesquei papelarias e livrarias de escasso movimento, senão para o tabaco e o totobola; voltei a inaugurar o antigo hotel e instalei nele uma senhora da Capital em bulha acesa com a horda dos caixeiros-viajantes ali hospedados; o sinaleiro regressou ao seu posto, no cimo da vila namorava-se onde outrora era a partida dos condenados para o local da forca... Os meus personagens são gente de antigamente, quando não do futuro, conquanto hoje já - ou ainda... - por cá andando.

Ou, se não são, podiam ser. Talvez sejam irmãos de outros com quem, ao longo da vida, fui lidando. 

Não farei apresentações do livro. Não estamos em tempo disso, óptimo pretexto para me escapulir a essas embaraçosas sessões. A edição é pequena e não a queremos ver submergir no mar de livros que nesta altura se acumulam nos sítios do costume.

Pelo FB, por SMS, por mail... falaremos depois. As entregas por correio ficam a cargo do mais competente carteiro do mundo - o Figueira, muitos o conhecerão já.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.