Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Prioridade a quem vem da esquerda

João-Afonso Machado, 05.12.15

Mário Soares lida mal com a circulação rodoviária e as respectivas regras. Há imagens filmadas disso e, vão lá dois ou três dias, o automóvel em que seguia danificou um outro em trânsito. Mas Soares deu ordem ao seu motorista para prosseguir viagem, deixando a senhora lesada com a "declaração amigável" a fazer de leque. Fugiu. Num Mercedes topo de gama pago e sustentado pelo povo português.

Face às declarações televisivas da dita senhora, inflamou-se já a sempre unida Esquerda. O argumento: o condutor do Mercedes não atirou para o chão o papelinho onde rabiscou um número de telefone, antes o entregou em mão à visada. O mais é irrelevante.

Trata-se, apenas, de outro caso -  dos de menor calibre - em que a Esquerda prega o catecismo cívico e democrático e pratica a oligarquia. Se a Direita é pior? Não é. Atente-se, a propósito, na postura face a prevaricadores políticos como Isaltino, Duarte Lima ou  mesmo o presumivelmente inocente Miguel Macedo, entre outros (recuando até Sá Carneiro, o Sá «caloteiro» que Soares descobriu para tema de ataque comicieiro) - por um lado; e o cerrar fileiras em torno de Sócrates - por outro. Alguma vez este teve um deputado à perna, como Portas se aguenta com Ana Gomes na célebre história dos submarinos?

Sei bem, Esquerda e Direita são o Benfica e Sporting na mais melindrosa esfera da (latu sensu) governação. Mas, desde o Freeport até à golpada de Costa, houve esclarecedoras cassetes cautelarmente queimadas, um inquérito instaurado e agora - espero enganar-me - um possivel nado-morto judicial. Afora, é claro, os milhões que Sócrates gastou, gasta e gastará. Somente por generosidade de um seu amigo, talvez a seu tempo se conclua.