Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Os dias

João-Afonso Machado, 18.12.19

DIAS DE PAI NATAL.JPG

Quase sem dar por isso, suavemente, vim dar com os dias quedos, em pose de reformados. Os dias sentados numa grande mesa improvisada no parque, jogando a sueca todas as suas abençoadas tardes de preguiça. Ou então, entranhados do frio da época, os dias em amena cavaqueira, apenas adiantando uns minutos para dar passagem à carripana do Pai Natal. Os dias do futebol, das raspadinhas, os dias meninos como qualquer criança, apaixonados como qualquer parzinho jovem. Espantosos dias que um idiota, um selvagem, a um deles, dias, pontapeou como se o quisesse a correr o mês fora, em velocidade de automóvel, para chegar não se percebeu onde.

O dia atingido ganiu como um cão escorrraçado e refugiou-se nas iluminações, entretanto acesas, a decorarem a rua. À espera da ajuda do seu amigo, o dia seguinte.

Assim os dias encheram de música a vila inteira e proibiram o ruído. Tratam-se bem, em lanches e petiscos sem fim à vista, e os dias mais novos lá tentam patinar à custa de uns tantos trambolhões no pavilhão onde nunca anoitece.

E entre todos sobressaiem os dias esperançosos. Calados, discretos, pacientes. Mas, quem diria?, entre tantos dias confortavelmente instalados no presente, aqueles dias - uns dois dias - espreguiçam o seu torpor e o seu estar no futuro de um dia qualquer.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.