Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

O estado encarnado e verde da Nação

João-Afonso Machado, 15.05.16

J:\FOTOS\PORTUGAL - LISBOA E PORTO\LISBOA\MANIF 12

Aqui na terra o cortejo das flores foi antecipado e a feira das trocas encerra mais cedo. Porquê? Porque hoje, às 17 horas, há em Lisboa um Benfica-Nacional e o Sporting joga em Braga. E do resultado destas partidas vem dependendo o futuro da "nação".

Por isso são proibidas manifestações na Capital e só se pode andar a pé no Marquês e os carros serão revistados e o metro só pára duas estações à frente e a polícia está vai toda para a rua contando com o pior... Porquê?

Porque se teme violência, danos de toda a espécie, depois de conhecido o campeão da Liga. Porquê? Por quem?

Porque a história começou há meses em parlamentarismos faias de treinadores, em facebooks incendiários de dirigentes, em guerrilhas de um certo Pedro, apenas mais descaradas do que as demais de muitos programas idênticos; e na corrupção que grassará entre os arbitros - dizem - como pelos tribunais. Porque rola tudo embrulhado na mesma bola política. Os calhaus da Fontes Pereira hoje servirão algo que se mova semelhando clubismos opostos, como amanhã poderão valer a qualquer intento mais sindicalista. E porquê?

Porque a República é isto mesmo. Burguesa, urbana, moderno-depressiva, cega de horizontes. Nascida numa barriga de aluguer, filha de dois pais, marisamatiasmente acarinhada. E educada no catarinamartinsismo. Ao serviço de todos os anafados antoniocostianos. Pugnando pela eutanásia mas, infelizmente, querendo viver assim, nos antípodas do Portugal livre e com liberdade de ir pacatamente ao espectáculo da bola.