Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Do "Partido Evolucionista"

João-Afonso Machado, 22.04.14

Reler O Antigo Regime e a Revolução que Freitas do Amaral deu à estampa, como as suas Memórias Políticas, em 1995 (O Autor teve o cuidado de explicar que pedira o título emprestado a Alexis de Tocquevile...), ajuda extraordinariamente a perceber o seu discurso recente, em mais um congresso-manobra soarista onde apareceu... de cravo vermelho na lapela!

A obra é interessantíssima e a sua leitura recomenda-se. Como remédio para os males da memória e como laxante para o roteiro político de Freitas. Um aluno brilhante - é o próprio que, com generosa insistência, o afirma - no liceu e sobretudo na Faculdade: o melhor do seu curso.

Entenda-se porquê, através de um exemplo simples buscado no prefácio. Em 1961, o jovem Freitas foi convidado a candidatar-se à presidência da Assembleia Geral da Associação Académica da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Aceitou. No ano seguinte estoirou a mui referenciada crise estudantil que culminou com uma greve geral. Mais nada consta do texto acerca de qualquer intervenção do digníssimo Presidente da Assembleia Geral. Salvo ter sido levado na avalanche que demitiu todos os dirigentes académicos. Pois assim considera Freitas ter ganho «a sua primeira "medalha" no combate democrático»... Fazendo o quê? Apenas deixando que os outros fizessem por ele, para anos depois colher as flores...

Logo nas primeiras páginas, ainda, Freitas confessa as suas inclinações neo-liberais, com tendência para a democracia-cristã. Estávamos, repito, em 1995. Ontem, mesmo afirmando a sua indisponibilidade para a política activa, lá foi sugerindo a criação de um partido situado entre o PSD e o PS, a que daria o seu total apoio? E amanhã?

O espectro de uma sua nova candidatura à Presidência da República paira sobre o Regime. Óptimo! É o que se deseja ao Regime. Mas não a Portugal.