Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Camilo ajoelha e jura mais não

João-Afonso Machado, 16.02.17

PAROQUIAL.JPG

Partiu jamais alcançando porquê tal destino: então ao trabalho da escrita há de acrescer o da revisão das provas? Não bastaria já organizar as ideias, dar-lhes expressão, movimento, o humor adequado?

Voltar ao dia anterior não é caminho que se recomende. Antes uma estrada nova, por desbravar, antes o desconhecido a um atalho repisado, cascalhento. Camilo morreu sem dar conta destas ratoeiras e do antecedente fim de todas as almas caridosas, as bengalas em que se poderia apoiar.

Ainda assim - ia a sua vida apenas em segunda edição - alcançou tempo e um compromisso consigo mesmo: quem vier a seguir que se amanhe. Outros projectos lhe povoavam já a cabeça e uma nuvem de pó ameaçava ao longe, no horizonte. Seria a sua cegueira ou - eis o que fica por contar - Camilo desajustado, de saco a tiracolo, a distribuir o correio de porta em porta.