Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Para início do novo ano

João-Afonso Machado, 01.01.14

Ouvi aquele enorme entusiasmo calada e admiradamente. A ruína cobriam-na as silvas e havia lixo, restos vários do que fora a vivência de uma família, antes do abandono. Mas as pedras mantinham-se lá, os telhados também, tudo muito deteriorado. Carreiros multiplicados, socalcados. E os planos galgavam em cascata as raias do possivel, visionavam um futuro incerto, ainda assim cheio de esperança, fervorosos. Uma engenharia imensa posta na fala, riscada com gestos amplos, convictos. Parecia tudo já pensado e decidido: o pátio da entrada, a cobertura, o refazer dos interiores. O casinhoto tornaria a ser gente naquela voz devota em que só faltavam os meios e as posses para fazer do sonho realidade.

Admiradamente calado, continuei a ouvir. Sobretudo os ecos de uma vontade de concretizar obra, a crença plena num amanhã qualquer. Para quê, para quem, nem me interessou saber. Era toda a energia de uma alma boa posta ao serviço de um objectivo. Eu, que aprecio e lido mais com empreitadas do espírito, acabei suspirando por um cortelho, uma nesga de terra onde pudesse edificar a minha assinatura, uma tarefa concluida.

Que melhor modo de iniciar o ano?

 

 

 

2 comentários

Comentar post