Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Gente realmente importante

João-Afonso Machado, 02.12.13

Entre os virar à direita e à esquerda, seguindo em frente na freguesia da Vitória, há-de acabar por aparecer a Rua do Ferraz. Estreitinha, sempre a descer, com os torreões da Sé entalados entre os edifícios que a bordejam. Um requintado naco do Porto dos romances de Arnaldo Gama. E onde acaba de nascer o Istaminé.

Um balcão de comes e bebes com muito de caseiro, até a conversa. Por todo o espaço, artesanato diversíssimo e as consignações de quem pretenda. Mais a disponibilidade para workshops, jantares de amigos, exposições fotográficas... Evidentemente, está já na calha uma colossal, com temática bem defenida: perdigueiros portugueses - um regalo para o respeitável público. Com muita e boa música sempre presente, ininterruptamente audivel.

Nunca a Rua do Ferraz conheceu aventura assim. Pelo menos desde o tempo em que, ali perto, as populações se eriçavam em fúria contra o monopólio vinhateiro imposto por Pombal. Vivo fosse, Gama reescreveria Um motim há cem anos...

É a aventura da Li, da Ana e do Nuno. Toda a sorte, todo o sucesso para os três!

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.