Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Imunidade de grupo

João-Afonso Machado, 17.07.20

IMG_3099.JPG

Rabbit nasceu predestinado, um genuíno Ghandi do povo Leporidae, essa gente perseguida e sempre aguardando o seu messias. Eram tortuosos os caminhos da raça tão pobre quanto fértil, um naco na brasa para todos os predadores das redondezas. Acordar de manhã, para eles, era sofrer a inclemência das muitas horas até se iniciar o dia seguinte de igual angústia.

Os Leporidae, conforme os seus textos sagrados, criam, há milénios e milénios, na vinda do seu redentor, enorme e lebrasco, com navalhas de javali e riso cavernoso, rilhado. Ele - com "E" grande - os salvaria da escravidão e, através de oceanos abertos de par em par, dentuça afiada, os conduziria à terra esquecida dos pássaros dodós.

Porém, Rabbit, vindo ao seu povo Leporidae, em nada se mostrou, odontológicamente falando. Sequer coloquialmente, - apenas roendo umas ervitas e aproximando-se dos hominídeos, seus maiores inimigos, com um sorriso que tinha de tudo. De dócil, de assustado, de doméstico ou familiar, de expectante e implorativo. Rabbit assim deu o peito às balas, rezam as escrituras. O seu povo dele completamente desacreditou.

Ora, nesse tempo, não havia pai hominídeo que não trocasse a espingarda pelos vagares domingueiros de braço dado com a esposa, mãe dos seus rebentos apenas nem por isso orelhudos como os Leporidae.

Assim o mundo mudou, - com cenouras e repolhos. E a voz das fémeas e juvenis Hominidae, de cócoras a beijocarem os Leporidae. - Papá, és um assassino! - Lara, filha, era só um coelho! - Báá´, querido bichinho! - Tal o Édito de Constantino. Não havia mais que temer a hodienta doença da perseguição.

(Esta a transcrição abreviada de um documento datado de 2020, em que os masculinos daquela espécie bípede, foram estrafegados pelos do género feminino, dominante. - Feita a devida interpretação em 2500, tendo Cristo voltado à terra, por um esfomeado cenobita de Famalicão.)