Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

O calado espelho de um estrondo à vista

João-Afonso Machado, 20.11.19

ÁGUAS QUEDAS.JPG

Elas estão lá, mas nem sempre acordamos nessa sua quietude. O espírito é um cachão de águas revoltas, matadoras do Forrester, o patilhudo que as quis dominar muito longe daqui, onde o meio aquático pára, escuta, olha e cisma mesmo. Querem-se esses dias carregados de torpor e, não fora o frio, alguma cobrita aos peixes, que outro momento de frisson seria impossível conceber.

Em tais águas, corre sem engulhos o reflexo dos tempos. São um espelho, uma autêntica denúncia. Caladas, manhosas, felinas, a lamber as patas para bem sucedidos fins de tarde - sempre paradas, escutando, olhando e cismando. Como um pescador nas suas margens. Obviamente, um pescador em transgressão absoluta de todas as regras que não sejam apenas - o parar, o escutar e o olhar, esses dias cismados em que bem se alcança a derrocada e, mesmo, quais as primeiras pedras a cair, uma nova era está à porta. 

Basta, quietamente, concentradamente, vê-la e ouvi-la chegar.