Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

A cor de um dia

João-Afonso Machado, 12.06.16

TRAVESSIA.JPG

Aquele dia impacientemente amanhecido dos carrinhos Corgi Toys e depois, já menos ansioso, de algum livro especial, de qualquer coisa pouco acessivel; esse mesmo dia que há muitos anos marcou firme a maioridade de portas abertas para o mundo, azul por todos os cantos da vida, ameaça entretanto tornar-se apenas uma mórbida campaínha do curso do Tempo; o dia acinzentado em que assinalamos no mapa o lugar da viagem aonde chegámos, o seu fim sempre mais à vista.

Se falo de um cruzeiro ou de uma tormentosa travessia, tanto é uma resposta de cada um para si mesmo. Flessingue escreveu «O que me suceder sucederá por bem» e essa foi a divisa adoptada pelo meu Bisavô, um dos mais - e pelos melhores motivos - afamados mareantes do Sangue que sou.

Por isso prossigo com o meu Bisavô o Sangue que sou nesta viagem em que é bastante alcançar a tranquilidade, antecâmara da paz, e também o sentido às vezes difícil de cada escala, cada porto. A pena ou um crayon e o kodac têm sido a companhia ideal, intérpretes de comprovadíssima fidelidade.