Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Em política o que parece é?

João-Afonso Machado, 01.08.14

À Quadratura do Círculo de ontem não faltou uma nota prévia: os intervenientes, todos eles, aceitaram um dos temas em debate seria a disputa interna do PS; mas António Costa, como sujeito activo da mesma, abster-se-ia de quaisquer comentários relacionados.

Costa cumpriu. Era uma questão de honra e de - presume-se - ética republicana.

Assim decorreu a sessão. Com muito dispêndio de palavras sobre o caso BES e com Pacheco Pereira, cado vez mais do lado, outra vez, dos explorados e oprimidos, lançando algumas bojardas sobre a Monarquia e a «snobeira» que vislumbrou sua parente e do «dinheiro antigo» também.

E com, finalmente, António Costa em gozoso mutismo enquanto os seus pares iam garantindo a sua vitória no confronto socialista, a sua futura candidatura a 1º Ministro de Portugal.

Vale dizer, Costa não necessitou obviamente de falar. (Costa não alinha em deslealdades, perceba-se...) Outros o fizeram - falaram - por ele. E a dita ética republicana foi, por isso, cumprida, bem como o famoso aforismo de Salazar - em política o que parece é. Entre as nossas avestruzes domésticas, claro.