Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Saudade

João-Afonso Machado, 23.01.14

Lembrarei sempre essa ida ao mar deixada em terra. A promessa e o sonho. As fotografias que não tirei a bordo, a praia um formigueiro lá longe... E as redes lançadas às águas, a dureza do remar. Não havia que duvidar: o arrais garantira lugar, a tarde inteira enchia-se de azul e do sono das ondas.

Por isso a conversa prosseguiu no areal, a corvina imensa, ainda com laivos de vida... E esta minha mania de ver e explicar o que vejo... Acordou-me o brado dos homens mais a norte, o barco galgara já a rebentação!

A corvina, o meu entusiasmo, a voz de então junto de mim. E a minha distracção: longe iam os tempos dos bois e da força braçal. Tudo fazem os tractores hoje em dia. E os motores à ré. Perdi o embarque, o arrais enrubescia de pressa. Aliás, como o mundo em geral. Esvai-se no tropel o suave sabor da saudade.