Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

"Soneto da Oportunidade"

João-Afonso Machado, 24.12.13

Despida, mulher, e exposta, coitada,

Sangue suaste vazado o coração,

Queda, já sem voz, talvez açoitada,

Uma face de horror tapa-a a mão

 

Enquanto assim jazes, vida ajoelhada

Por tantos dias nossos que mal te hão

Feito chorar e vergar, maltratada,

Ruindo os sonhos em tal podridão.

 

Como te olhar, mulher, somente nua?

Pintura dum corpo apenas desejo,

Visão minha, a abandonaste tão crua.

 

Desilusão – uma palavra, a verdade.

Assim foste. Mas crê, crê neste beijo

A pedir-te nova oportunidade.

 

 

 

 

 

Feliz Natal!

João-Afonso Machado, 24.12.13

Uma primeira palavra, tão sentida como um abraço, para todos os que se vêem privados de um Natal condigno. Sejam quais forem as razões por que essa Paz lhes é vedada.

A todos, o desejo de que vivam estes momentos com a alegria da Família e a esperança no Amanhã. E Fé, muita fé em tudo o que lhes apraz acreditar e desejar.