Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Segurança...

João-Afonso Machado, 02.01.12

A gente fala, ninguém atenta e as maçadas vão acontecendo. Não seria importante não fosse um prenúncio. Para os que não gostam de ficar em casa.

Foi nesta passagem de ano. As hordas da periferia acharam por bem assolar a beira-mar. Vale dizer, o lugar dos magnatas. Há registos.

Nomeadamente de um grupo de mais de 20 jovens, entre os os 15 e os 20 anos, eles e elas, oriundos de Ermesinde, rumando a Foz do Douro. Onde, supostamente, decorreriam os festejos dos "ricos".

De modo que a algazarra foi patente nos meados da madrugada. A pequenada saída dos bares esteve sob mira. Entre garrafas partidas a meio e correntes metálicas, valeu tudo. - Passa para cá...

Passa para cá a "massa", o telemóvel, o relógio. Foram bastantes as vítimas. E os fisicamente lesados, com passagem pelo hospital. Os jornais relatam cenas de absoluto desvario.

Um facto inédito. Sobre o mesmo, pronunciem-se os habituais antropólogos. Cá por mim sem recônditas intenções, sem acutilancias apontadas, traduzo o sucedido em português claro - facto inédito! Onde vai o Porto pacato dos nossos filhos saindo à noite sem alarme?

Está onde não estão as 200 viaturas da PSP encostadas por avaria, sem meios para as reparar.

Está onde está o farwest. Só não mais sanguinolento se o Estado tiver algibeiras para pagar às forças de segurança.

Até lá... cuidado com o Carnaval. Todos podemos chegar à boite demasiadamente tarde...