Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

A Anémona

João-Afonso Machado, 20.11.11

Digamos que fica além do Bojador. Dos mais velhos não esperará favores. Imensa, articulada em malha metálica. Chamaram-lhe Anémona e muito bem. Marca a fronteira entre o Porto e Matosinhos, já neste território.

Eu gosto.  Como não aprecio Matosinhos nem a chancela de Narciso Miranda. Mas esta estrutura, levada no vento, sei há-de ser um espectáculo em dias de tempestade. Falta-me a visão desse momento. Fico apenas pela noção inexperimentada do espaço na revolta dos elementos, do mar e da sua fúria, do contra-efeito sobre os prédios disformes que ensombram a praia. Entendo a Anémona como um mea culpa de quem sabe o quê. Lá em baixo é o reino dos surfistas. Paraíso dos meus filhos.

Não, a Anémona faz-me parar e pensar. Só faltava qualquer ciclone desse com ela no chão...