Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Por acaso não vim do Congresso...

João-Afonso Machado, 10.04.11

O rapaz latia excitadíssimo, corri a ver o que se passava. Ela, crispada, o olhar fixo, gelado, retesava-se, escamas, articulações, tudo aquilo rangia.

E bufava, silvava, lançava a cabeça em golpes bruscos para a frente. O rapaz não é tolo, alguém lhe ensinou que as cobras-rateiras mordem e são venenosas, de modo que não saíamos dali. Deu para o retrato em quadruplicado. Porque, finalmente, quando poisei a máquina para a apanhar pela ponta da cauda (única maneira de evitar uma valente ferradela), a bicha, fulminante, escapuliu-se pelos buracos das pedras.

A avaliar pelas dimensões, já deve ter uns anitos. Acordou agora, nestes dias de calor, da sua hibernação.