Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Guimarães

João-Afonso Machado, 29.10.11

Uma tarde connosco, junto de onde também sou. Guimarães! Vista cá de cima, encosta abaixo, S. Francisco e S. Gualter, primeiro, o Paço Ducal e as torres do Castelo do lado de lá. No entretanto, o Toural adivinhado, o centro histórico, ruelas que tantos vivemos com sentimentos, não na fugaz circunstância de uma companhia qualquer. Assim como quem tem, realmente, raízes.

O Minho, outra vez e sempre. Os minhotos, esse compromisso de todos os dias. Ou um fio de honestidade, descendo a ladeira, e os sinos, sempre os sinos, soando acima do ruído urbano. Porque, em boa verdade, o essencial não muda e transmite força – o ânimo de continuar.

Guimarães falando caladamente. Longe das arengas, longe dos torneados, eternamente do granito que faz as almas merecedoras de respeito.