Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

O bisonte europeu

João-Afonso Machado, 26.09.11

Andavam por aí, em manadas, há coisa de 10.000 anos. A Humanidade, na sua sempre complicada relação com a Natureza, foi empurrando os bisontes Europa acima, acabando por os encurralar em algumas florestas da Polónia. Declarados em risco de extinção conseguiu-se a protecção adequada e a sua proliferação e expansão. De tal maneira que tornaram a Avintes, agora em cativeiro no Parque Biológico.

O bicho parecia manso. Bovinamente manso dos olhos e dos gestos, ruminando com a pachorra de uma vaca leiteira. Acreditei nele, estendi a mão a visar o seu focinho.

A sua transfiguração foi obra de uma instante. Aquela massa imensa sacudiu, abalou, quase destruiu a manjedoura. Senti-me preso no seu olhar gelado e ameaçador. Não fora a cerca, estaria absolutamente à sua mercê. Sem um mugido, a cabeça imensa meneando, a expressão dura e sempre fixa, diziam tudo o que se pode temer na vida: o medo que a própria besta sentia, a sua desconfiança e a sua raiva, a fúria de quem desconhece a liberdade e a única garantia que dali poderá chegar - a imprevisibilidade do animal selvagem.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.