Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

MACHADO, JA

A minha escrita, a minha fotografia, o meu mundo

Fugir? - não!

João-Afonso Machado, 26.07.11

Elas não somem, as palavras escritas ou as imagens gravadas. Jamais! Por muito que a história seja recontada, adulterada. Por muito que se fuja para muito longe. Elas ficam, as palavras e as imagens, no preciso lugar onde foram deixadas. No exacto sentido em que as proferiram ou ofereceram, indiferentes à calúnia e ao descompromisso. Nesse mesmo instante do qual não me afasto.

Sem rimas, sem contornos musicados de improviso. Na evidente crueza da fidelidade renegada, sempre à margem do medo. Ciente do logro mas, ainda assim, rejeitando partir. À vista de todos, como as palavras escritas e as imagens gravadas, agora esquecidas.

É, o mundo é prenhe de esconderijos. Viva-se a vida, quem o queira, saltando de um para o outro. Mas as palavras e as imagens permanecem comigo, sem outra interpretação além do corpo, tantas vezes estreitado nos meus braços, e da alma que foi e afinal morreu.

(Entre ilusões e desilusões, os dias correm, quiçá perante outras visões. Amanhã, do lado oposto ao sol poente.)

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.